bet365亚洲官网 bet365官网

Eu sei o caminho

Respondeu-lhes Jesus: Ainda que eu dou testemunho de mim mesmo, o meu testemunho é verdadeiro; porque sei donde vim, e para onde vou; mas vós não sabeis donde venho, nem para onde vou. Respondeu-lhes Jesus: Ainda que eu dou testemunho de mim mesmo, o meu testemunho é verdadeiro; porque sei donde vim, e para onde vou; mas vós não sabeis donde venho, nem para onde vou. (João 8.14)
O problema da sociedade é que ela está perdida. Não sabe qual caminho seguir. Aliás este é o dilema que o homem coloca para si: “De onde vim?” “Para onde vou?” Perguntas que parecem ser tão simples, mas geralmente não sabemos o que dizer a elas.
Qual é o caminho que devemos tomar? Como reencontrar a direcção. Isso me faz lembrar uma história muito interessante que diz o seguinte: “Um grupo de marujos australianos desembarcaram em Londres, em dia intenso de nevoeiro e entraram num bar. Fazia frio e eles bebiam muito. A certa altura, notaram um vulto de um homem que caminhava célere e entrava no bar. Dirigindo-se a ele, sem saberem que se tratava de um oficial superior da Marinha da Inglaterra, perguntaram: “Camarada, onde estamos?. O homem, com muitas medalhas de condecoração no peito, fitou atentamente para aqueles marinheiros embriagados, e respondeu-lhes: “Vocês sabem quem eu sou?”. Os marinheiros entreolharam-se e um falou para os outros: “A situação é muito séria: não sabemos onde estamos, e ele não sabe quem é.” Este é o reflexo da nossa sociedade. Não sabe quem é e não sabe onde está e que caminho seguir.
O texto tema do devocional apresenta-nos um homem que tinha consciência plena. Sabia de onde tinha vindo e para onde ia. Talvez alguém diga que Jesus era Deus. É verdade, mas não podemos esquecer que era também 100% homem. Sendo assim, essa mesma declaração de propósito pode ser feita por cada um de nós. Reconheço que demorou para que eu pudesse entender essa realidade na minha vida. Mas hoje, olhe para mim e digo que sei quem sou, sei para onde vou e qual a minha razão de viver. Permita-me então explicitar essa segurança e certeza de que sei o caminho.
Eu sou Marcos, criatura de Deus e filho de Deus pela graça do Senhor Jesus. Não sou obra do acaso. Fui criado por Deus.
Eu vou para presença do Pai. Vou estar com Deus e desfrutar da sua presença por toda a eternidade porque aceitei o presente que Cristo trouxe para mim.
A razão do meu viver é louvar a Deus. A razão pela qual eu fui salvo por Jesus é para que eu viva “para o louvor da sua glória”. Vivo a vida com o propósito de engrandecer a Deus e permitir que Ele seja engrandecido através de mim.
Eu compreendi isso quando percebi o caminho. Descobri que a razão de ser e de viver quando entendi que Jesus é o caminho que eu devo seguir. Quando entendi que este caminho me dá vida plena. Aceitei a oportunidade de Jesus e encontrei a razão de ser e de viver. Deixei de ser como os marinheiros. Encontrei o caminho que me conduz ao porto seguro. A minha pergunta é: Já encontraste o caminho?
Vamos orar:
Pai, quantas vezes estamos perdidos. Não sabemos quem somos e qual direcção tomar. Nossa vida vai conforme as ondas. Essa sensação de não ter direcção angustia-nos. Na busca do caminho, seguimos por descaminhos. Seguimos de tristeza em tristeza.
Senhor, capacita-nos a entender que Tu és o caminho que nos dá direcção correcta na vida. Capacita-nos a entender que em Ti encontramos resposta para às perguntas que tanto nos angustia. Que olhemos para Ti e que possamos seguir-te, pois só tu podes nos conduzir a bom porto.

Autor: Marcos Amazonas dos Santos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *