bet365亚洲官网 bet365官网

LIBERTAÇÃO COM QUEBRA DE VÍNCULOS

A – INTRODUÇÃOCom certeza quando se ouve falar em libertação imediatamente se associa a EXPULSÃO DE DEMÔNIOS. Não podemos negar que expulsar demônios é libertar uma pessoa. Mas não estaremos aqui ensinando simplesmente como expulsar demônios, mais do que isto, “COMO FECHAR AS PORTAS PARA OS DEMÔNIOS NÃO VOLTAREM MAIS”. Sempre estive preocupado com o Ministério do Sai-Sai. As pessoas endemoniadas entram em muitas igrejas, os demônios são expulsos, mas depois voltam, e como diz a Bíblia, o estado da pessoa fica ( 7 ) sete vezes pior. Assim ao expulsarmos os demônios de uma pessoa, se esta pessoa verdadeiramente não for liberta, e as portas por onde eles entravam não forem fechadas, nós estaremos piorando o estado daquela pessoa ao invés de ajudá-la. Na verdade, expulsar demônios é fácil, pois não é em nosso nome, mas no nome poderoso de Jesús, conforme Marcos 16:17 “Estes sinais hão de seguir os que crerem: Em meu Nome expulsarão demônios…”

B – AS DUAS FASES DA LIBERTAÇÃO

1) EXPULSÃO – Cuidado com o exorcismo. Quando falamos de libertação não estamos falando necessariamente de expulsão, mas as vezes, quando alguém estpa quebrando os seus vínculos (renegando), pode acontecer um manifestação e neste caso é necessário a expulsão.

2) RENEGAÇÃO – “Renegar significa tornar sem efeito e rejeitar. Adquire-se um desprezo pela coisa renegada. Portanto, não é simplesmente abandonar. É por esta razão que renegação desempenha o papel de veneno contra Satanás e suas forças contra nós. Funciona também como antídoto do veneno dele sobre a pessoa que o renega. Não usemos outra palavra mais btanda. O verbo deve ser renegar mesmo. A renegação deve ser feita pela pessoa oprimida em voz audível para Satanás e seus demônios ouvirem, pois eles não são onicientes. A renegação é uma declaração à demônios e não oração a Deus. Não sendo oração não se deve ficar de joelhos. “(Do Livro Libertação à Cura Total – Dr. Arlindo Mendes). A pessoa deve renegar todos os vínculos que mantinha com as trevas.

A RENEGAR OS VÍNCULOS, É FECHAR AS PORTAS DE

ENTRADA DOS DEMÔNIOS.

O que queremos ensinar neste estudo, é como impedir que os demônios voltem a tomar conta de uma pessoa, e como libertá-la totalmente do poder do inferno, tornando-a poderosa em Deus, para ser um exemplo à Igreja na face da terra.

JOÃO 8:32 “CONHECEREIS A VERDADE E A VERDADE VOS LIBERTARÁ”

Uma das maiores portas de acesso de demônios na vida das pessoas se chama VÍNCULOS. Precisamos entender o que são vínculos e então quebrá-los, fechando assim estas portas.

C – BASES BÍBLICAS SOBRE VÍNCULOS

1) Vamos examinar as advertências de Deus no velho Testamento, para que o povo “De Deus” não criasse vínculos ou laços ou embaraços com Satanás. Note que estas tres expressões estarão se referindo sempre ao mesmo assunto: “VÍNCULOS”

Exôdos 23:32-33 “Não farás aliança alguma com eles, nem com os seus deuses. Na tua terra não habitarão, para que não te façam pecar contra mim, porque se servires aos seus deuses, isto te será um laço.”

Exôdos 34:12 “Guarda-te de fazeres aliança com os moradores da terra em que hás de entrar, para que não sejam por laço no meio de ti”

Josué 23:13 “Sabereis certamente que o Senhor vosso Deus não continuará a expulsar estas nações de diante de vós. Pelo contrário, elas vos serão por laço e rede…”

Juízes 2:3 “Pelo que também eu disse: Não expulsarei de diante de vós; antes serão vossos adversários, e os seus deuses vos serão por laço.”

DEUS não está afirmando que eles deixarão de ser seu povo, ou perderão a sua salvação, mas está dvertindo para a possibilidade de se enlaçarem e assim viverem um vida problemática e cheia de transtornos.

2) No Novo Testamento encontramos uma forte advertência do apóstolo Paulo, escrevendo ao Pastor Timóteo. Note que este texto não é para ímpios, mas para pessoas que estavam dentro da igrejas, já convertidos.

II Timóteo 2:20 a 26. Vejamos o verso 26 “e que se desprendam dos laços do diabo, por quem haviam sido presos, para cumprirem a vontade de Deus.” Por favor preste atenção, palavra por palavra. Há dois verbos nesta sentença, um no presente e um no passado. O primeiro: QUE SE DESPREDAM, é algo presente, agora. Desprender do que? Dos laços do diabo. O segundo HAVIAM SIDO, passado. Haviam sido o quê? Presos do diabo.

Aqueles crentes que não estavam mais nas mãos do diabo, porque eram salvos em Jesús Cristo, mas faltava o desprender dos laços. Estamos começando a entender que um cristão, mesmo tendo aceitado a Jesús como Senhor de sua vida pode ter laços que o predam a satanás.

Não estamos discutindo aqui a questão da salvação. estas pessoas que aceitaram Jesús, estão salvas e um dia estarão nos céus morando eternamente com Jesús. Estamos discutindo aqui como viver uma vida de abundância, sem LAÇOS.

3) O autor do livro de Hebreus nos ajuda neste entendimento ao mostrar que há uma diferença entre pecado e laço. vejamos Hebreus 12:1 “Portanto, visto que nós também estamos rodeados de tão grande núvem de testemunhas, deixemos todo o EMBARAÇO, E O PECADO que tão perto nos rodeia, e corramos com perseverança a carreira que nos está proposta.”

A expressão usada não é “OU”, é “E”. Significa que são as duas coisas. Com certeza absoluta você já deixou o pecado, no momento em você aceitou a Jesús. Mas e os embaraços? Talvez você nem sabia disso? E é verdade! O que temos percebido na Igreja é que a maioria das pessoas não sabia disso! Por isso, o autor fala em correr a carreira cristã. Para começar a carreira cristã você teve que aceitar a Jesús e deixar o pecado, mas para correr bem enquanto você está vivo nesta terra, não pode ter embaraços, pesos, laços, etc. Por isso muitas pessoas que já aceitaram a Jesús não estão tendo a vida em abundância prometida por Jesús em João 10:10. POr causa dos laços, vínculos, etc.

4) O Novo testamento apresenta um exemplo de uma pessoa que era pai-de-santo (macumbeiro), envolvido com magia negra, que se arrependeu, se converteu. Mas logo a seguir, caiu, porque estava com laços que o prendiam ao passado.

Vejamos juntos este episódio. Atos 8:9 a 13 e depois 18 a 23

Afirmamos que era um homem que exercía magia negra pois a tradução atual para artes mágicas não reflete o verdadeiro significado.

Primeiro: É a mesma palavra de advertência dada por Deus ao seu povo em Deuteronômio 18:11, considerada como “abominação”.

Segundo: O povo da cidade afirmava que as coisas que ele fazia “era o grande poder de Deus”.

Quando Simão ouve o engangelho pregado por Filipe ele se converte. Por favor, não venha com desculpas bobas como:Ele não se converteu verdadeiramente! Ele só se convenceu!. Se você afirmar isto, estará indo contra a própria Palavra de Deus que afirma categoricamente “QUEM CRER E FOR BATIZADO ESTARÁ SALVO”.

Vejamos;

Versículo 13: “CREU até o próprio Simão, e, sendo BATIZADO, ficou de contínuo co Felipe…” ele agora é salvo, convertido e já está na igreja. Seus pecado perdoados. Mas os laços não foram quebrados e ele caiu.

Versículo 19: A sua queda

Versículo 20 a 22: O MOTIVO DA QUEDA; “pois vejo que estás em fel de amargura e em LAÇO de iniquidade”. Interessante que esta expressão “Fel de amargura” é a mesma de Deuteronômio 29:18 – comparada como se fosse um laço feito com outros deuses.

5) Quando Paulo levou o evangelho aos Efésios e estes se converteram houve uma verdadeira quebra de vínculos depois de aceitarem a Jesús. Atos 19:18-20: “Muitos dos que tinham crido…” Passado. TINHAM CRIDO. “Também muitos dos que tinham praticado artes mágicas trouxeram os seus livros e os queimaram na presença de todos…”A queima dos livros foi a quebra do vínculo.

Quando Moisés foi resgatar o povo de Deus do Egito, Faraó lutou muito para manter em suas mãos alguma coisa do povo, que pudesse mantê-los cativos, mas a resposta de Moisés foi contundente: Êxodo 10:26 “…nenhuma unha ficará…”

OBS.: Há muitos cristãos que já aceitaram Jesús, estão firmes na Igreja, e não praticam mais as coisas ligadas a outros deuses, mas mantém em suas casas objetos do passado que não foram destruídos. Através destes objetos, VÍNCULOS, Satanás tem trazido opressão, transtornos tais que tem atrapalhado a vida de abundância destas pessoas.

6) Se com toda a exposição acima você ainda não se convenceu, este próximos texto não deixará nenhuma dúvida em seu espírito.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *