bet365亚洲官网 bet365官网

No princípio criou Deus os céus e a terra. (Génesis 1.1)

A origem do universo e do homem tem sido um tema de debate conturbado. Cientistas defendem uma coisa, teólogos outra. Os que têm fé fundamentam-se no criacionismo, outros mesmo tendo fé, mas por estarem fortemente envolvidos com a ciência defendem o evolucionismo. Um facto que ninguém pode refutar é que o universo existe. Também gosto da declaração de Stephen Hawking: “Se realmente descobrirmos uma teoria completa, seus princípios gerais deverão acabar sendo compreendidos por todos, não apenas por um punhado de cientistas. Então, todos nós – filósofos, cientistas e pessoas comuns – podemos participar da discussão de por que nós e o universo existimos. Descobrir a resposta desta pergunta seria o triunfo definitivo da razão humana, pois então realmente conheceríamos a mente de Deus.” Não quero deter-me na declaração de Hawking, mas penso ser interessante o facto dele dizer que o ser humano busca uma resposta que seja compreendida por todos.

O nosso texto é simples. É o primeiro versículo da Bíblia, mas na minha opinião dá-nos lições profundas. Basta querermos parar para reflectir sobre elas.

A primeira lição que devemos ter em mente é que o universo foi criado por Deus. Não vou entrar no mérito da questão se foi através de uma explosão, se foi por um processo evolutivo. Não somos obras do acaso, fomos idealizados e desejados por Deus. Ele criou o universo.

A segunda lição é que fomos criados para estar em comunhão e harmonia com Deus. Deus nos criou para estar connosco. Não fomos criados para depois ser deitados fora. Não, Ele nos fez para desfrutarmos da sua companhia. Contudo, não nos fez autómatos. Deus nos concedeu o livre-arbítrio. Sendo assim, o ser humano tem o direito de escolher viver em comunhão com Deus ou não.

A terceira lição é que, se fomos criados por Deus e para termos comunhão com Deus, fomos criados para conhecer a mente de Deus. O Senhor dos céus e da terra, o Deus do universo deseja que conheçamos à sua mente. Ele manifesta os seus desígnios ao homem. Ele criou-nos com capacidades para compreendermos à sua revelação e o seu projecto para as nossas vidas.

É verdade, Deus deseja que nós o conheçamos. Ele quer que tenhamos comunhão com Ele. Há muita gente que pensa que Deus é cruel. Outros acham que Deus não existe. Encontram pessoas dizendo que Deus está muito longe. Contudo, a realidade é que fomos nós que viramos as nossas costas a Deus. Ele continua buscando-nos. Ele continua desejando viver em comunhão connosco. Entretanto, nós precisamos nos voltar para Ele. Devemos meditar na carta de amor que Ele nos deixou. Uma carta que mostra como tudo começou e como irá terminar.

Posso ter muitas dúvidas, porém, afirmo sem medo: No princípio criou Deus os céus e a terra.

Vamos orar:

Querido Deus, no corre-corre da vida, as dúvidas surgem. Cientistas tentam explicar a criação sem falar do Criador. Por este motivo, tiramos os nossos olhos de ti. Contudo Senhor, neste momento queremos suplicar para que nos ajudes a compreender que somos tuas criaturas. Não somos fruto do acaso.

Ajuda-nos Senhor a compreender que fomos criados para ter comunhão contigo e viver em harmonia contigo e conhecendo os teus desígnios. Sendo assim, ajuda-nos a olhar para a tua Palavra, e compreendê-la para que saibamos o porque da nossa vida.

É esta a nossa oração em nome de Jesus. Amém.

Autor: Pr. Marcos Amazonas dos Santos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *