bet365亚洲官网 bet365官网

O Despertador

Ora, Pedro estava sentado fora, no pátio; e aproximou-se dele uma criada, que disse: Tu também estavas com Jesus, o galileu. Mas ele negou diante de todos, dizendo: Não sei o que dizes. E saindo ele para o vestíbulo, outra criada o viu, e disse aos que ali estavam: Este também estava com Jesus, o nazareno. E ele negou outra vez, e com juramento: Não conheço tal homem. E daí a pouco, aproximando-se os que ali estavam, disseram a Pedro: Certamente tu também és um deles pois a tua fala te denuncia. Então começou ele a praguejar e a jurar, dizendo: Não conheço esse homem. E imediatamente o galo cantou. E Pedro lembrou-se do que dissera Jesus: Antes que o galo cante, três vezes me negarás. E, saindo dali, chorou amargamente. (Mateus 26.69-75)
É natural encontrarmos em todas as casas pelo menos um relógio despertador. Como não poderia deixar de ser também tenho um. É uma grande ajuda, mostra-nos que é hora de levantar. É o momento de despertar e tomar uma nova atitude. Às vezes isso custa, principalmente quando o nosso despertador toca e nos acorda. A preguiça toma conta e geralmente queremos ficar um pouco mais na cama.
Lembro-me que tive um despertador que depois de certo tempo parava de tocar e era accionado novamente depois de 15 minutos. Eu sempre achava que podia ficar mais um pouco. Custava despertar e fazer o que devia ser feito.
O texto de hoje fala de um homem que havia prometido fidelidade total ao seu Mestre. Disse que seria capaz de morrer por ele. Assumiu o compromisso de segui-lo até às últimas consequências. Contudo, quando chegou a hora, eles seguia-o de longe. Quando conseguiu entrar na casa onde seu Mestre estava, sentou-se à beira da fogueira e ali adormeceu mentalmente. Suas promessas foram esquecidas.
Negou o seu Senhor. Mas havia um despertador. O despertador da antiguidade. O galo. Antigamente era pelo cantar do galo que as pessoas se guiavam. Pedro acordou do seu sono mental. Chorou amargamente. Reconheceu o seu erro. Viu como é fácil prometer às coisas e depois esquecer os compromissos assumidos.
Como somos parecidos com Pedro. Como assumimos compromissos com pessoas e as deixamos na mão. Como traímos e viramos às costas aos que tanto nos ajudam.
Como Pedro precisamos ouvir o despertador tocar. Necessitamos ver o olhar misericordioso e cheio de amor do Mestre.
Como Pedro precisamos chorar de arrependimento e rever nossas atitudes.
Sabe, muitas vezes seguia as pessoas de longe. Muitas vezes não quis um envolvimento directo, pois envolver-se é correr riscos. Jesus correu riscos. Morreu por amor. Pedro depois de ouvir o galo cantar e chorar de arrependimento, ao encontrar-se com Jesus em outra fogueira expressou todo o seu amor ao Mestre e nunca mais foi o mesmo. É claro que passou por muitas lutas, mas agora o seu despertador era para indicar o seu novo caminho.
Desperte. Não é tempo de ficar longe. É hora de estar perto de Jesus.
Vamos orar:
Senhor, eu creio que o despertador tocou para mim hoje. Estava como Pedro, seguindo-te de longe. Acomodei-me à situação e mesmo com uma linguagem “cristã”, que me denunciava, eu neguei-te. Contudo o galo cantou. O meu despertador disparou e acordei. Perdoa-me Senhor e ajuda-me a viver daqui para frente como alguém que não está distante, mas perto de Ti. Alguém que vive ousadamente e que precisa despertar cada dia para novas realidades da fé cristã. Que seja assim em nome de Jesus!

Autor: Marcos Amazonas dos Santos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *