bet365亚洲官网 bet365官网

Não se sabe ao certo se é o fim da banda, ou apenas um recesso, ou mesmo uma troca de formação. Mas que o bicho pegou entre os integrantes do Rodox, pegou. Até segunda ordem, não serão marcados shows e nenhum álbum deverá lançado pelo quarteto criado e liderado por Rodolfo Abrantes, ex-Raimundos.

O motivo do racha e da desistência por parte do vocal é, mais uma vez, religioso. Depois de abandonar o Raimundos, Rodolfo resolver lançar uma segunda banda, que condissesse mais com sua crença atual (o cantor se converter à Igreja Evangélica). Mesmo assim, desde sempre negou o rótulo “gospel”, tanto que convidou músicos nada religiosos para participar do projeto.

E agora parece que Rodolfo definitivamente cansou de viver entre “pecadores” e disse oficialmente adeus à banda na noite de ontem, terça-feira, dia 09. O fórum de fãs dos Rodox já está pipocando de mensagens. Muita gente especula que Rodolfo só montou o Rodox para pagar dívidas que adquiriu com a gravadora Warner ao sair dos Raimundos. Agora, já que a gravadora dispensou o Rodox, eles estaria livre da dívida, e portanto livre da banda…

A treta tornou-se pública após o baterista Fernandão abandonar as baquetas em pleno palco, na noite de sábado (dia 07), durante apresentação em Salvador. Ao que parece, esse será mesmo último show da banda, que já emitiu comunicado oficial. Rodolfo e Fernandão também já deram suas justificativas para o desmanche do Rodox. Confira abaixo.

Nota Oficial
Rodox paralisa seus trabalhos, por tempo indeterminado. Muito antes de uma nota oficial ser divulgada – como já era de se esperar – boatos surgiram sobre um possível fim da banda. Para que não haja desencontros de informação ou mesmo divulgação de inverdades, estamos a disposição para esclarecimentos a respeito do assunto.

Projeto iniciado em 2001 por Rodolfo Abrantes e Daniel Sciviero (DJ Bob), o Rodox foi construído com o objetivo de levar a mensagem do evangelho ao meio secular.

Fizeram parte dessa formação Rodolfo Abrantes (vocal), DJ Bob (eletrônicos), Marcos Ardanuy (Guitarra), Fernando Schaefer (bateria), Pedro Nogueira (Guitarra), Patrick La Plan (baixo), os dois últimos nomes citados deixaram a banda em 2003, dando lugar a Marcelo Cortez (guitarra) e Canisso (baixo).

Rodolfo Abrantes decidiu paralisar os trabalhos da banda por tempo indeterminado, pois acredita que durante esses anos, a banda se desviou do propósito inicial do projeto, que é pregar a mensagem do evangelho, já que ele é o único integrante que professa a fé cristã.

No momento, Rodolfo Abrantes está envolvido em um ministério de evangelismo, o qual julga prioridade. Os outros integrantes da banda seguem com seus projetos pessoais.

Agradecemos a compreensão de todos que esperaram por uma nota oficial sobre o caso.

Carta de Fernandão
“O Rodolfo resolveu semana passada sair da banda pegando todos de surpresa. Já estávamos com o clipe de “Segue a Linha” pronto e 12 músicas instrumentais esperando os vocais, que nunca apareceram. Não entendíamos o porque. Todo mundo dando um puta gás e nada acontecia da parte dele.

Aquela bosta que a gente fez na Bahia foi só para cumprir a agenda. Estavam todos mundo muito putos. No meio do show senti que não havia sentido algum da gente estar alí e já que era para acabar a banda não tinha nada a ver ficar com tanta hipocrisia com os nossos fãs. Então, mais uma vez, minha “batera” foi dar um “role” pra baixo do praticável.

Não tenho absolutamente nada contra o Rodolfo só que realmente não dava mais pra banda continuar dividindo o palco com um vocalista completamente diferente de todos principalmente no que se refere a crenças, religião, gosto musical e estilo de vida. Então está tudo certo, foi bom pra todo mundo enquanto durou e agora que acabou também.

“Tá falado”

Carta de Rodolfo
“Aos fãs e freqüentadores do site, em primeiro lugar, muito obrigado por esses anos juntos. Agradeço a Deus pela oportunidade de falar da sua preciosa palavra através das músicas do Rodox. Montei esse projeto com o objetivo de levar a mensagem de cristo às pessoas que ainda não o conheciam. Nunca usei o termo “banda gospel” por dois motivos simples:

1: O preconceito que seria uma barreira para a mensagem
2: Por ser o único na banda a ter o evangelho como prioridade

Convidei pessoas não-crentes para fazer parte, por acreditar que elas também seriam alcançadas, o que não aconteceu. Ninguém “enfia” Jesus goela abaixo dos outros. É preciso querer e na banda infelizmente ninguém quis. Não estou acusando ninguém de nada pois da sua vida cada um dá conta. Naturalmente com o passar do tempo, as diferenças se acentuaram o que gera dispersão de objetivos, comportamento, convivência, etc…

Na minha opinião, uma banda que tem atitude não é a que toca mais pesado, mais rápido ou a que tem mais cara de mau (se não for real não engana ninguém) e sim a banda que vive o que prega e nesse ponto o Rodox sempre deixou muito a desejar. Atitude hipócrita com os fâs é subir num palco só pela grana, é fazer parte de uma banda que não concorda com a mensagem que ela mesma canta.

Realmente sou diferente de todos ali dentro, cada dia mais. Entreguei minha vida a Cristo sem reservas, minha prioridade é servi-lo levando muitos ao arrependimento e salvação através da sua palavra, mesmo que isso gere retaliações, calúnias, acusações como se tem visto aqui mesmo no site. Aliás me impressiona como pessoas que ontem me defendiam e me abraçavam mudaram de idéia tão rápido. Mas eu sei como funciona, basta uma idéia errada. Realmente não me importa nem um pouco o que pensam de mim, me importa o que Deus pensa de mim. Nada vai me parar.

Eu comecei a banda e eu mesmo tomei a decisão de parar com os trabalhos (o que não significa acabar com nada), pois realmente do jeito que estava não dá pra continuar. Deus é Santo e assim tem que ser tudo o que levar o seu nome.

Pra terminar queria dizer que ao contrário do que o Fernadão disse a respeito de músicas novas, existem 3 delas que estão gravadas e ficaram demais. Peçam com jeitinho que ele libera em mp3.

A vida continua e quem está na linha vai seguir.
Que Deus abençoe a todos.
Rodolfo Abrantes, servo do Deus altíssimo.
Balneário Camboriu, 09/08/2004.”

Autor: Retirado do Site IG POP

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *